Quem procura formas de converter na internet precisa preocupar-se com uma palavra chamada conversão.

A questão é que aqui no Brasil, o assunto é pouco explorado. Fala-se de sites responsivos, de adaptação ao mobile, SEO, e-mail marketing e mais uma porção de formas de atrair tráfego, mas o que adianta atrair tráfego se quando ele chega a sua página, ela não converte?

Você está gastando um bom dinheiro para chamar visitantes, mas quando finalmente consegue que eles entrem em seu site, eles ficam perdidos e não sabem a ação que precisam tomar ali dentro.

Já tinha parado para analisar essa questão?

Pois bem, nós, da Blueberry, ficamos bastante preocupados com esse assunto, então resolvemos criar um material completo sobre o que são landing pages, qual a sua importância e porque delas serem essenciais para aumentar o resultado de seus negócios.

Vem com a gente!

Você sabe o que é conversão?

Iriamos já entrar falando tudo sobre landing pages, sua função e etc., mas paramos aqui para pensar… Você sabe o que é conversão?

Para resumir, conversão é quando você faz com que um lead entre em seu site e execute exatamente a ação que você planejou.

Normalmente, essa ação é algo muito importante para o seu negócio, como uma venda, uma assinatura de e-mail ou então, baixar algum material… A finalidade não importa muito, o x da questão é que a ação seja praticada.

Basicamente, existem dois tipos de conversão:

  • Indireta: É quando o seu lead ainda não está pronto para o momento da compra, então ele opta por se cadastrar em sua lista de e-mail marketing ou baixar alguma oferta para conhecer mais sobre você;
  • Direta: Na conversão direta, o lead já tomou a decisão e está pronto para executar uma ação concreta, ou seja, uma compra, a solicitação de um orçamento e etc.

Em ambos os casos, já é possível mensurar seus resultados, mas para que esses leads consigam chegar até ali, será necessário uma landing page para ajudar nessa doutrinação e decisão.

Entenda então, o que é uma landing page!

O que é uma landing page?

Traduzido para o português landing page significa página de conversão. Elas são criadas única e exclusivamente para fazer com que o usuário entre em seu site e converta, sem nenhuma distração que possa tirar do foco da ação.

E quando falamos em uma página preparada para que o leitor mantenha o foco é porque existe toda uma atenção especial para que essa página não tenham elementos exagerados que possam impedir a conversão, ou seja, nada de milhares de botões, menus complexos de navegação e, até mesmo, as imagens são cuidadosamente trabalhadas para que não ocorra algum desvio de intenção.

Se reparar nas páginas de infoprodutos ou de produtos que são vendidos pelo meio online, você irá notar uma semelhança muito grande entre elas:

  • Normalmente, utiliza uma página única, sem menu e com rolagem;
  • Apresentam informações relevantes sobre o produto, incentivando a venda;
  • As vantagens e benefícios do produto ganham destaque especial;
  • A prova social tem espaço garantido, afinal, reafirmam a qualidade;
  • Existem apenas botões de conversão que se destacam com um call to action, ou seja, uma chamada para ação bem imperativa com uma cor bem contrastante com o restante da página.

Agora que você já aprendeu o que é landing page, pode estar aí do outro lado se perguntando: Tá, mais qual é a real necessidade de usar uma página exclusiva para vender algo à usar uma pronta dentro do meu site?

Bem, você fez a pergunta que a gente queria ouvir… Veja a importância de ter uma página de conversão exclusiva por produto.

A importância da landing page

Se pudéssemos resumir essa resposta em apenas uma palavra ela seria resultado, isso porque em uma landing page é possível calcular exatamente a taxa de conversão de um produto, sem medo de estar trabalhando com dados errados.

A fórmula para obter esse resultado é:

Taxa de conversão = Número de conversões da página / número de visitantes da página.

Então, como é que você consegue mensurar esse número dentro de seu site comum, se nele acessam pessoas buscando os mais diversos tipos de produtos ou serviços? Impossível, não é mesmo? Você nunca irá conseguir um número preciso se trabalhar com essas diretrizes.

Sabendo da importância, conheça quais são os elementos fundamentais que toda landing page precisa ter.

Como montar uma landing page?

Existem alguns elementos que toda landing page precisam ter, afinal esse tipo de página sempre é criada com o objetivo de converter.

Então precisa ter:

  1. Chamada principal: É aquele titulo em H1 que fica lá no topo de sua página. Ela é usada para que o visitante entenda, logo quando acessar sua página, o que você está oferecendo. Nesse espaço, você terá a missão de resumir a oferta de uma forma clara, objetivo e também muito atraente, afinal ela será o seu cartão de visitas para que o usuário se interesse em rolar a página para ter mais informações sobre o produto. Para esse elemento a regra é clara: indique uma proposta de valor, se possível sempre usando o gatilho mental da exclusividade ou da urgência.
  2. Corpo da landing page: Se você não sabe, o corpo da landing page é formado por conteúdo, com missão de entregar tudo o que a chamada principal prometeu. É importante que esse conteúdo engaje o usuário e faça com que ele queira muito avançar para as próximas etapas, então deixe de lado aquela descrição de oferta chata e sem emoção. Esqueça aqueles textos enormes e sem objetivo, e aposte em listas de vantagens e benefícios ou até mesmo, em apresentar a solução de um problema que seja comum em seu público alvo;
  3. Imagens: Landing page com imagens convertem muito mais, mas vale o uso do bom senso para usar apenas imagens que tenham relação com o conteúdo apresentado. Nada de colocar milhares de imagens, pois isso só irá confundir o usuário e prejudicar a sua conversão. Aposte em uma landing page limpa e com uma imagem que consiga expressar o espírito de seu produto de uma maneira sucinta;
  4. Layout: Deixe de lado aquela página cheia de botões, menus e distrações para apostar em um layout limpo e que agregue valor ao seu produto. Na hora de passar as informações, está liberado o uso de negrito, sublinhado listas, marcadores e até mesmo itálico para dar destaque as partes mais importantes do texto e chamar a atenção;
  5. Não use links externos: Se você colocar links externos em sua página de conversão, você estará mostrando o caminho de saída para que o usuário deixe o seu site e vá ver outra coisa. Então, evite por completo o uso de qualquer elemento que redirecione a página;
  6. Botão de Call to Action: Será nesse elemento que a mágica irá acontecer, então ele terá que ser o ápice da sua landing page, afinal, é por meio dele que o usuário se encaminhará para realizar a conversão. Esse botão precisa ser o de maior destaque na página, seja por suas cores, pelas flechas apontadas para ele, cor das letras e o que mais você puder usar para colocá-lo em foco.

Sabe tudo sobre o landing page, não é mesmo? Pronto para montar a sua?

Se precisar de ajuda, conte conosco, aqui da Blueberry, pois podemos te ajudar!

 

Inscreva-se e seja o primeiro a receber nossas novidades em seu E-mail.

Receba uma Análise Gratuita!

Receba uma análise grátis em sua conta de Google Adwords, Redes Sociais ou Website.

Recomendaremos o melhor serviço para sua empresa.

Blueberry - Soluções Digitais © Todos os Direitos Reservados - 2016 | Termos de Serviço