Para o mundo corporativo, ter um site próprio deixou de ser um diferencial, tornando-se obrigatório, caso o objetivo seja obter destaque e se fazer presente para um público alvo.

Até mesmo para quem está começando no mercado, a necessidade de estar presente no meio online é gigantesca.

No entanto, muitas empresas não sabem como colocar esse site no ar e é aí que entram as plataformas gratuitas. Elas trazem layouts prontos e a facilidade de personalização, o que também vale para publicar o conteúdo.

Entre as muitas opções, elencamos algumas delas para você conhecer.

Acompanhe!

# Plataformas gratuitas 1 – Wix

O site está no mercado há alguns anos e evoluiu bastante desde então. O Wix oferece um serviço completo para a construção de sites, sem a necessidade de ter conhecimento em programação.

Entre as muitas vantagens, a plataforma tem uma extensa variedade de templates. O interessante é que é possível criar lojas virtuais a sites corporativos, além do uso para blogs pessoais, por exemplo.

Como lado negativo, o Wix tem pacotes pagos e com preços bem próximos ao trabalhado no mercado, o que não se torna tão atrativo caso a empresa queira expandir o uso do serviço.

Deste modo, o plano sem custos apresenta limitações, sobretudo aos recursos. O pacote oferece espaço de armazenamento limitado e não permite o uso de domínio próprio.

Outro ponto do plano gratuito é a exibição de propagandas, encarado como negativo por comprometer a experiência do usuário.

Embora haja todos esses pequenos problemas para quem não é assinante, em ambos os casos é permitido o envio de newsletters. Tudo é feito pelo próprio Wix, um diferencial e tanto em relação a outros sites do segmento.

Para conhecer melhor o Wix, acesse aqui!

plataformas gratuitas

# Plataformas gratuitas 2 – Webnode

Entre as plataformas gratuitas disponíveis no mercado, o Webnode é um serviço bastante limitado, mas mesmo com poucos recursos, pode ser usado para criar bons sites.

As limitações estão no editor, em relação à criação e customização da página. De positivo, o Webnode é fácil de mexer, onde o usuário consegue construir um site sem nenhuma grande dificuldade ou conhecimento em programação.

Ele ainda apresenta uma boa variedade de templates e possibilidades para personalização, o que é interessante.

Assim como no Wix, a plataforma tem seus pacotes pagos e com muito mais recursos que o uso gratuito. O plano sem custo não permite o uso de domínio próprio, tem baixo armazenamento e um tráfego baixo, o que pode prejudicar os negócios.

Para quem paga, as possibilidades são maiores, mas de acordo com o tipo de plano, ou seja, até mesmo os pacotes chamados de premium, por conta do pagamento, apresentam certas limitações.

Um dos pontos positivos, mas só aos assinantes, é que o Webnode possui ferramentas de marketing.

Conheça mais aqui!

# Plataformas gratuitas 3 – Jimdo

Embora limitado para os não assinantes, o Jimdo tem algo bastante interessante por ser uma plataforma de criação. A integração com os smartphones.

Isso ocorre porque o site oferece aplicativos para os celulares, atendendo aos sistemas Android e iOS. Com isso, o usuário consegue editar seu site, adicionar conteúdo e ver as estatísticas de acesso do dispositivo, sem precisar de um desktop para isso, como a maioria das plataformas gratuitas fazem.

Outra vantagem é que ele também oferece integração ao dropbox, o que indica uma possibilidade maior de armazenamento. Como a maioria desses sites apresentam grande limitação nessa questão, o uso dessa ferramenta destaca o Jimbo de outros do mesmo segmento.

Tendo uma conta no dropbox, o usuário consegue ter uma gama maior de arquivos disponíveis na plataforma, facilitando o envio de fotos e outros arquivos diretamente da nuvem.

Mesmo com esses recursos interessantes, ele ainda apresenta alguns defeitos. Por exemplo, a variedade de templates e widgets, em comparação a outras plataformas, é relativamente inferior.

E da mesma forma que os outros, o plano pago é menos limitado em relação ao gratuito.

Descubra as demais informações acessando aqui!

# Plataformas gratuitas 4 – Weebly

A plataforma trabalha com a proposta de um editor visual intuitivo e que não necessita de conhecimentos avançados para usar. No caso, não precisa ser um programador para montar seu próprio site utilizando o Weebly.

Fora isso, ainda há uma variedade de templates e possibilidades para tornar o site mais atrativo, muitas delas sem custo ao usuário. O Weebly é uma das plataformas gratuitas de criação que permite a montagem de lojas virtuais, além de outros modelos para websites.

Entre as desvantagens, a limitação, algo comum em todos as plataformas citadas. Os recursos são maiores para quem tem assinatura com a plataforma, mas nem tanto.

Como há dois pacotes pagos, o mais básico também apresenta grande limitação. Por exemplo, no pacote mais avançado o usuário consegue criar sites responsivos, algo que é interessante, mas não está disponível nem no modo gratuito e nem no plano básico.

Acesse o site oficial e confira!

# Plataformas gratuitas 5 – WordPress

Entre as plataformas gratuitas que oferecem o serviço de criação está o famoso WordPress. Ele é um dos sites mais populares há muitos anos e oferece duas possibilidades para os usuários.

O WordPress.com tem o modelo das soluções anteriores citadas nesse artigo. Assim, ele permite que o usuário crie um site dentro da plataforma, com pacotes grátis ou pagos.

Para o lado gratuito, os templates não são personalizáveis, diferente do que a concorrência oferece. Por outro lado, há uma enorme variedade e com qualidade muito maior que o restante das plataformas, o que acaba compensando a falta de customização.

A plataforma ficou conhecida por ser usada por blogueiros, mas é uma solução completa e suficiente para criar sites de negócios, portfólios e muitas outras opções.

Uma das vantagens é o uso de domínio próprio, sem ser necessário fazer um upgrade do tema. A desvantagem vem que o domínio é permitido através de uma taxa paga ao site. Mesmo assim, não é necessário ser assinante para usá-lo, visto que a taxa é a parte.

Outro ponto negativo é a exibição de propagandas, que só ocorre no modo gratuito.

WordPress.org

Já a outra possibilidade, chamada de WordPress.org, é muito mais atrativa. O destaque entre as outras plataformas gratuitas é que ela é completamente grátis, sem nenhum pacote pago como o restante das opções.

O editor de temas é aberto e não possui limitações, no entanto, requer um conhecimento básico em relação à programação, o que pode obrigar a contratação de um especialista.

Embora o serviço seja bastante atrativo e sem custos, é necessário que o usuário invista na hospedagem da ferramenta. Para usar a versão org, é necessário arcar com os custos de um host e o registro do domínio.

O interessante, para ambas as versões, é que elas possuem aplicativos para celulares e tablets.

Acesse e confira!

Para ter um site personalizado, sem ter que se preocupar com as desvantagens da utilização de plataformas gratuitas, a Blueberry pode ajudar você! Criamos o site perfeito para sua marca.

Conte-nos a sua ideia que realizamos!

Inscreva-se e seja o primeiro a receber nossas novidades em seu E-mail.

Receba uma Análise Gratuita!

Receba uma análise grátis em sua conta de Google Adwords, Redes Sociais ou Website.

Recomendaremos o melhor serviço para sua empresa.

Blueberry - Soluções Digitais © Todos os Direitos Reservados - 2016 | Termos de Serviço