CPC – O Que É? – Desvende Essa Importante Sigla no Marketing

Devido ao marketing digital ser um mundo muito vasto e repleto de linguagens muito próprias, provavelmente, você ainda se pergunta: CPC – O que é?

Calma, não precisa se desesperar ou achar que tudo está perdido, pelo simples fato de você ainda ter dificuldade com alguns termos do vocabulário desse universo.

Obviamente, é, sim, muito importante que você domine o todo e, se possível, em máximo grau. Afinal, isso lhe elevará à um patamar muito mais alto, o que automaticamente contribuirá para uma melhor performance de suas estratégias e, claro, resultados mais expressivos em seus negócios.

Por isso, estamos aqui hoje, para lhe ajudar, ainda em tempo!

A Blueberry preparou um conteúdo de simples entendimento e muito prático para que você desvende essa importante sigla no marketing e nunca mais tenha que se perguntar: CPC – O que é?

Vem com a gente!

De onde Surgiu a Sigla CPC?

Pode ser uma surpresa para você, mas essa sigla também é utilizada em áreas que não o marketing. Como, no direito, na contabilidade, entre outras.

No entanto, em cada área, ela tem um significado e uma origem específica.

No caso do Marketing Digital, a sigla CPC nasceu na plataforma de links patrocinados do Google. O Adwords!

Como você já deve saber, trata-se de uma ferramenta para anunciantes que desejam atingir um enorme público, através dos serviços Google. Por meio dela, é possível fazer publicidade digital.

Agora que você já tem ciência da origem do termo, vamos falar sobre o seu significado!

Afinal, o que é CPC?

A sigla CPC, que nasceu dentro da plataforma de anúncios online da Google, pertence a família do CPM e também do CPA, aos quais você também já deve ter ouvido falar em algumas ocasiões. Certo?

Por pertencerem a mesma família, elas são bastante confundidas. De maneira geral, elas são iguais à primeira vista, mas com uma visão mais aprofundada, são bastante distintas!

A essa altura, você já desconfia do que se trata a sigla, o que facilita ainda mais o entendimento pleno sobre o assunto.

Pois bem, basicamente, o CPC se refere à uma forma de cobrança do Adwords, nomeada de Custo por Clique. É nesse ponto que ela se aproxima das outras, CPM e CPA, já que também são formas de cobrança.

A grande diferença está na especificidade. Ou seja, o CPC, embora seja uma forma de cobrança, utiliza-se de um critério diferente das outras opções.

Como funciona o CPC (Custo Por Clique)?

Para que você entenda plenamente o CPC (Custo Por Clique), vamos lhe explicar de forma mais aprofundada como funciona essa forma de cobrança.

Bem, quando se anuncia no Adwords, uma das fases de configurações da campanha é a definição do orçamento e, claro, como o anunciante será cobrado em relação a esse montante.

Entre as opções, está o CPC. O que significa que, quando escolhida, o Adwords descontará do seu orçamento a cada vez que o usuário pertencente ao seu público alvo clicar em seu anúncio.

Vamos a um exemplo prático para que tudo fique ainda mais claro:

  • Imagine que você vai anunciar o seu curso digital no Adwords;
  • Na hora de fazer a escolha por tipo de cobrança, você seleciona o CPC, ou seja, custo por clique;
  • Os seus anúncios começarão a ser exibidos, mas você ainda não será cobrado;
  • Isso porque, o Google Adwords só descontará um valor do seu orçamento, quando um usuário potencialmente interessado no seu curso digital clicar no anúncio exibido.

Simples, não é? É possível trabalhar com o CPC de diversas formas, pois ele também é baseado em lances.

Na maioria das vezes, define-se um lance máximo de custo por clique, que nada mais é que o máximo que você deseja pagar quando um usuário clicar em seu anúncio.

Também é possível utilizar o CPC otimizado, onde a própria plataforma realiza ajustes no intuito de conquistar maior performance e conversões, por meio de uma combinação do lance manual com lances inteligentes.

Quando Utilizar o CPC (Custo Por Clique)?

Essa resposta é bastante variável. Pois depende do seu objetivo, tipo de negócio, campanha, nicho de atuação e, até mesmo, dos seus concorrentes.

No entanto, podemos dizer que o CPC é uma das formas de cobrança mais utilizadas pelos anunciantes do Adwords.

Isso porque faz com que o controle da campanha, especialmente, quanto ao orçamento, seja mais simples, por ser baseada em cliques de potenciais interessados.

Então, se você ainda não tem experiência com o Adwords, provavelmente, o CPC será uma boa opção para esse início. Não só pelo controle. Mas também porque ele ajuda o anunciante a compreender de forma mais ampla os interesses de sua audiência.

E, aí? Conseguiu entender o CPC?

Se ficou com dúvidas, conte com a ajuda especializada da Blueberry.

Esperamos o seu contato.

Participe da Lista VIP

Aprenda todas as principais técnicas descobertas pelo nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!

    Nós não enviamos spam. Desinscreva-se quando quiser.

    Powered By ConvertKit
    Share on facebook
    Facebook
    Share on google
    Google+
    Share on twitter
    Twitter
    Share on linkedin
    LinkedIn
    Share on whatsapp
    WhatsApp

    Comentários